25 de março de 2020

Previdência Complementar Aberta x Previdência Complementar Fechada

Entenda as principais diferenças entre os tipos de previdência complementar disponível: Previdência Complementar Aberta As Entidades Abertas de Previdência Complementar (EAPC) são instituições com fins lucrativos que administram planos individuais e coletivos de previdência. Elas são organizadas por instituições financeiras (bancos) e seguradoras na forma de sociedade anônima e podem ser contratadas por qualquer cidadão, […]

Entenda as principais diferenças entre os tipos de previdência complementar disponível:

Previdência Complementar Aberta

As Entidades Abertas de Previdência Complementar (EAPC) são instituições com fins lucrativos que administram planos individuais e coletivos de previdência. Elas são organizadas por instituições financeiras (bancos) e seguradoras na forma de sociedade anônima e podem ser contratadas por qualquer cidadão, mesmo que ele não tenha vínculo empregatício ou associativo.

Fiscalizada pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), esse tipo de previdência conta apenas com a vinculação a uma única entidade financeira e não existe a participação dos associados no processo de gestão. E, por ter fins lucrativos, ela conta com as maiores taxas de administração e usam tábuas de sobrevivência muito agravadas, pois consideram que o participante viverá além do estimado, fazendo com que o benefício seja menor.

Previdência Complementar Fechada

Já as Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC), mais conhecidas como fundos de pensão, do qual a Néos faz parte, são instituições sem fins lucrativos que mantêm planos de previdência coletivos. São permitidas exclusivamente aos empregados de uma empresa e aos servidores da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, entes denominados patrocinadores; e aos associados ou membros de pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, denominados instituidores. 

Fiscalizada pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), conta ainda com governança corporativa, ou seja, Conselhos Deliberativo e Fiscal composto por participantes indicados pelo patrocinador e eleitos pelos próprios participantes. Além disso, contam com menores taxas de administração, autonomia na escolha das instituições financeiras e Tábua de sobrevivência mais aderente à sua massa, de acordo com a legislação vigente.

Artigos relacionados



Linkedin


Facebook


Instagram

-->